CONTATOS PARA SHOWS

(11) 94659 4686 Clodoaldo/Tyson



Pra curtir

Loading...

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

REGGAE NO CAPÃO É FUNDAMENTAL 14/12

A banda REDENTORES faz neste próximo sábado, 14 de dezembro, o ultimo Reggae no Bar do Jorge. Este evento faz parte do esforço das bandas de reggae e amantes da cultura reggae que instituiu o Bar do Jorge (antigo Saldanha), como local para criar o espaço reggae. Projetos como o CAPÂO VIRA REGGAE, Original Reggae e DUB do 3 estrelas foram responsáveis por consolidar este novo espaço para os amantes da musica jamaicana.
Neste Sábado além da tradicional seleção dos Redentores, teremos a presença dos parceiros da banda FIGHTING SOLDIERS que traz seu suing e sua mensagem positiva.
São palavras da banda: "...É tempo de realizar algo para contribuir para o bem e fazer a humanidade refletir acerca de seus valores e idéias. Acreditamos que tudo é no tempo de Deus(Fighting Soldiers)
O bar do Jorge fica na rua Marcos Bassiti, s/n ao lado da Pernambucanas no centro do capão, Onibus dos terminais Santo Amaro, João dias, Capelinha e Jd Angela passam por la e do metro capão também da pra ir a pé. VAMO CHEGA RAPAAA"!!!!!

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

BRASIL VERDE E ÁGUA

Ouça o som curta as fotos deste Brasil que ainda existe e que fica lindo no verão!!
http://www.youtube.com/watch?v=mWKG64zumFQ








quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

A FORÇA DAS PEQUENAS AÇÕES!!!!!!

Recentemente ouvi falar que para uma pessoa que esta sob o mal da depressão, algumas atitudes seriam importantes para a saída deste momento que, pode se estender e até levar a situações mais graves pela perda do estimulo pela vida.
As vezes fazer uma pequena "vaquinha de caixa de fósforo", um pequeno objeto que pode levar até uns quinze minutos pra ser concluído, pode funcionar como uma pequena conquista que pode levar a pensar em voos maiores até se chegar ao fim do túnel da doença. Como sabem sou ambientalista e defendo que, quanto mais longe da natureza e diminuídos pelas questões sócio politicas das grandes cidades, mais doentes ficam seus habitantes.
Hoje em dia, uma pequena pausa numa praça publica ou a busca por um parque público pelo menos uma vez por semana, esta longe da rotina da maioria dos paulistanos e urbanos do Brasil. As grandes cidades são inviáveis para a saúde mental, ainda mais com a realidade cosmopolita de cidades grandes, onde pessoas de diversas origens e diferentes intenções vivem em um grande aglomerado, sendo tratadas com massa pelos políticos, imprensa, empresas que é a lógica do capital sobre o ser humano.
A necessidade de viver próximo a natureza é muito sentida, ainda que não percebam os mais otimistas da vida urbana, ainda que seja uma utopia para os aficionados por tecnologias e seus lançamentos imperdíveis. Sua falta é vista nos diversos casos de anorexia, obesidade, diabete, ociosidade, vida farta porém vazia, manias, compulsão por compras, sexo e consumo em geral, incluindo de pessoas. Problemas urbanos que acredito estar na distância ou ausência de convivência com a natureza.
Mas e ai ambientalista qual a solução?? Se você esta com depressão segue uma pequena receita:
  • Consumir mais alimentos ricos em ômega 3 e em triptofano, como o salmão e o tomate. Eles impulsionam o bom humor e devolvem a energia perdida
  • Não ficar só
  • Dormir bem, sempre 8 horas por noite
  • Alimentar-se corretamente
  • Expôr-se ao sol por 15 minutos, diariamente
  • Evitar o estresse
  • Praticar atividade física regularmente
  • Evitar os pensamentos negativos
Mas minha dica "ambientalmente correta" é tornar pelo menos seu lar um lugar mais natural, onde a luz, a troca gasosa e a umidade seja sentida pela presença de plantas vivas e objetos artísticos, feitos por você ou pelas pessoas que ama. E porque? a simples produção de um vaso de garrafa pet, o cultivo de uma planta desde sua semente  e a escolha de um local ideal, pode levar você a sentir-se realizad@ e um pouco mais feliz, a pesar da Babilônia poluída e sem amor la fora.
Após trabalhar muito como gerente de área verde, voltei a fazer trabalhos manuais e pequenas oficinas, é inacreditável como a noção de trabalhar para um coletivo maior e trabalhar para pequenos públicos e muitas vezes, para uma pessoa só, tem uma diferença muito grande!!
Quando se trabalha diretamente com as pessoas pode se perceber o brilho nos olhos, a vontade de ouvir e de agir que todo ser humano tem quando o assunto é o ambiente que lhe cerca. 
Oficina de vasos de garrafa PET para plantas, projeto Áreas de Conflito da ong Capão Cidadão.
Por isso, seja numa comunidade com crianças ou num parque onde a maioria são pessoas são de classe média, é possível atingir o centro da alma das pessoas quando o assunto é a natureza e sua capacidade de influenciar o ser.

Oficina de garrafa PET no parque Ibirapuera, Instituto Acqua

Muitos falam de meio ambiente como se fosse algo la no polo norte ou na camada de ozônio, mas quero lembrar de lugares mais próximos que podemos melhorar, como nosso bairro, nossa rua, nosso jardim e lar. Um outro lugar muito poluído e as vezes mal tratado pelo ser urbano é o PRÓPRIO CORPO!!!!! Este que é o primeiro ambiente que conhecemos nos primeiros anos de vida e que aprendemos a cuidar desde os 12 anos de idade e dai pra frente as decisões começam a ser nossa, de cuidar ou de curtir apenas a boa fase da vida.
Minha dica "terapeutica ambiental" é estar com pessoas que você gosta, realizar pequenos encontros familiares, amigos da infância ou das escolas da vida que deixamos pra trás. A vida focada e produtiva é importante para garantias financeiras estáveis, mas os momentos de ócio, contemplação, de gargalhadas, de estar desprovido de disfarces e  regras são importantes para um "meio ambiente interno" mais saudável. 
Viva de maneira mais suave pelo mundo, tem consciência das injustiças que afetam a convivência coletiva nas cidades mas também saiba dar um tempo para o seu corpo, dar alegrias e presentes pra você mesmo. Vá a cachoeiras, praias, parques, sítios e lugares onde a natureza ainda existe para que suas baterias se carreguem, estimule encontros de amigos e se tiver alguma habilidade faça algo para as pessoas, uma seleção de musicas, um churrasco ou até um prato bem gostoso e viva respeitando o animal natural e coletivo que existe dentro de você. Servido?








quinta-feira, 26 de setembro de 2013

O que é ser RASTA hoje em dia?

A banda Som D´Zion esta voltando!! após o nascimento de nosso filho Salomão, a banda voltou-se para um retiro paternal em que o amor foi experimentado da forma mais extrema, delicada e gostosa. Só assim nos sentimos semelhantes a Deus, reproduzindo a vida e sentindo amor incondicional e gratuito por um ser!!

De volta a ativa, este blog vai rastrear novamente ações e movimentos coletivos em que o Rasta senti a necessidade/ação de participar
Me questionaram duas vezes se eu sou RASTAFARI?? eu disse que dogmas e tradições só servem para separar os seres humanos, uns dos outros. Sou Rasta sim, mas reconheço Jesus, as tradições do povo negro, nossa cultura em qualquer país ou estado, é nossa!! e que gosto da minha familia e amigos da periferia e que nenhuma filosofia me retiraria este direito. Como carne e as vezes não!! Defendo, reproduzo e conscientizo sobre a importancia da Natureaza em detrimento do "meio Ambiente urbano" e prego a paz!!
Desta forma continuaremos cantando o Reggae, falando do mundo e das pessoas e das injustiças e promovendo a mudança que queromos ver!! Segue a partir de agora, uma serie de reportagens e ações que o novo Rastafarianismo vai propor
Esta reportagem foi feita por mim na Festa: ÁREAS DE CONFLITO EM TRANSFORMAÇÃO

reportagem sobre o evento: Áreas de Conflito em transformação, 31 de agosto na capão cidadão

Ja neste mês de Setembro, no final de semana que se comemora o dia da primavera estive no Evento Áreas de Conflito no Santo Eduardo, bairro de nosso amigo, poeta, hippie e escritor Evandro Lobão. Onde ouve uma chacina e que varias pessoas foram mortas pela ação da policia do Estado de São Paulo. Nem lembrava que meu proprio pai foi assassinado neste bairro, o importante deste evento é propor para moradores e crianças uma nova maneira de ver sua realizadade, pela perspectiva da luta coletiva e da solidariedade e amor.
Oficina de garrafa Pet na Viela do Sapo, jd Santo Eduardo.
plantas, garrafas recicladas e crianças felizes

Pelo Instituto Acqua, coordeno o curso de Jardinagem e Paisagismo e estamos fazendo uma serie de eventos sobre a tematica da sustentabilidade e neste mesmo fim e semana, no domingo fizemos também oficinas e exposições de trabalhos do instituto: Book crossing, doação de lapis semente, atividades de saude e muito mais, convivencia e afetividade mudam o mundo!!
 Oficina de garrafa Pet no Ibirapuera
é preciso orientar as pessoas para viver mais próximos da natureza

O rasta vive e transforma sua vida e sua realidade por um mundo sempreconceitos e com mais amor!!!